O 1º site político de Mato Grosso do Sul   |   22 de Setembro de 2018
Publicidade

Com Rony, Botafogo busca mais duas peças para fechar elenco para o Carioca

Atacante chega ao Rio nesta quarta-feira e, se aprovado nos exames, será confirmado como o terceiro reforço alvinegro para 2018. 

10/01/2018 - 10h58

Globo Esporte

De contrato renovado, Gilson começará a temporada como titular (Foto: Globo Esporte)

No Botafogo versão 2018 saíram 14 jogadores, subiram quatro da base e contrataram três. Nas contas da diretoria, mais duas peças são suficientes para suprir as perdas por enquanto e fechar o elenco para o Campeonato Carioca. Após Leandro Carvalho, Luiz Fernando e Rony – que chega ao Rio de Janeiro nesta quarta-feira para fazer exames e assinar contrato –, Kieza e Renatinho devem ser os próximos anunciados. Ambos têm negociações avançadas com o clube.


Kieza já tem apalavrado um contrato de dois anos com o Botafogo, aceitou reduzir o salário e tenta conseguir a liberação do Vitória para poder se transferir para General Severiano. Embora seu atual vínculo com o Lesão tenha duração até dezembro de 2018, o clube baiano não deve colocar empecilhos. O Alvinegro trata com otimismo a negociação com o camisa 9, de 31 anos.


Renatinho também tem contrato até o fim da temporada e conversas adiantadas com o Botafogo. O meia, de 25 anos, estava no Paraná, onde foi artilheiro do time com nove gols na campanha do acesso na Série B do Brasileiro, mas pertence ao Mirassol-SP. Há sondagens do exterior, porém, caso não saia do Brasil até o dia 15, ele e seu representante darão prioridade ao Alvinegro.


– Definimos desde o início qual seria a nossa estratégia acreditando nesse planejamento. Trabalhamos nas contratações do Luiz Fernando e do Leandro Carvalho, assim como estamos trabalhando no caso do Rony. Quanto ao Kieza, nós já avaliamos, sim, mas o jogador ainda pertence ao Vitória. Temos definido, mas falar muito prejudica as nossa negociações. Espero que possamos finalizá-las em breve – despistou o gerente de futebol alvinegro, Anderson Barros.


Subiram da base:

Ezequiel (ATA)
Lucas Campos (ATA)
Helerson (ZAG)Kanu (ZAG)

Todas as contratações, fechadas ou em vista, são ofensivas. Há certa preocupação com a lateral esquerda, que perdeu o titular Victor Luis. O Botafogo chegou a fazer contato com Fábio, botafoguense declarado que pediu dispensa do Middlesbrough, da Inglaterra, mas o negócio foi considerado muito difícil. Segundo Barros, por enquanto não está nos planos reforçar a posição.


– Esse foi o primeiro momento e sabemos da nossa necessidade na lateral, mas também contamos com o Gilson e o Yuri, que estão correspondendo nos treinamentos.


As negociações por reforços para 2018 começaram a ser conduzidas ainda com Antônio Lopes e Cacá Azeredo. Após a saída dos dois dirigentes, Anderson Barros e Gustavo Noronha, novo vice-presidente de futebol, assumiram a responsabilidade. O Botafogo vem encontrando dificuldades no mercado especialmente para contratar um centroavante.

Leia Também
Comente esta notícia
0 comentários
Mais em Esporte
Colunistas
Ampla Visão
Coluna do Roberto
Raquel Anderson
Enquete
Você acha que a operação Lama Asfáltica vai acabar com algum político ou autoridade na cadeia?
Sim
30.92%
Não
63.29%
Não sei
5.80%
Copyright © 2004 - 2015
Todos os direitos reservados
Conjuntura Online
Rua São Remo, 390
Jardim Vilas Boas, Campo Grande / MS