O 1º site político de Mato Grosso do Sul   |   30 de Agosto de 2016
Publicidade
Publicidade
Últimas Notícias
Publicidade
Willams Araújo
Encolheu

O Partido dos Trabalhadores terá uma das menores votações de sua história nas eleições municipais de outubro em Campo Grande. Desgastado pela enxurrada de denúncias de corrupção em nível nacional envolvendo a sigla e com um candidato sem expressão, o partido deve sofrer um duro recado nas urnas. Até mesmo a eleição de vereadores está seriamente comprometida, devendo o partido ficar com fraca representação na Câmara de Campo Grande. Eis o preço a ser pago.

Cópia
Cópia

Nada, mas absolutamente nada de novo na propaganda eleitoral levada ao ar pelas emissoras de rádio e TV. Os discursos dos candidatos - prefeito e vereador - nos remetem a décadas passadas em que falar de trabalhar pela saúde e educação dava votos a rodo. Dessa vez, o único discurso diferente é com relação aos buracos nas ruas da Capital. Sabem eles que não adianta tapar o sol com a peneira, pois se não houver uma recuperação total do asfalto tudo será em vão.

Abismo

Com Chico Buarque e Lula entre o seu staff, a presidente Dilma discursou no Senado na tentativa de evitar que a guilhotina dos enfurecidos parlamentares não lhe corte o pescoço. Com placar amplamente desfavorável, ela vai precisar ser muito convincente para mudar votos suficientes e se livrar da cassação. A sorte, no entanto, foi lançada, apesar de as chances serem mínimas. Ninguém quer se arriscar a salvá-la do impeachment para enfrentar a reeleição de 2018 sem discurso convincente.

Crise

De acordo com reportagem divulgada ontem pelo jornal Valor Econômico, a crise financeira afetou os investimentos das prefeituras, sobretudo nas cidades menores, nas quais se concentra mais da metade da população do país. O texto diz que nos municípios com até 10 mil habitantes, a queda foi bem maior, de 31,2%. Naqueles com população entre 10.001 e 50 mil habitantes -, o investimento recuou 22,5%. Entre 100.001 e 500 mil habitantes, a redução foi de 17,2%, sempre em termos reais.

Pijama

Na mesma linha de raciocínio, a Assomasul tem divulgado constantemente a queda na arrecadação dos municípios de Mato Grosso do Sul, aproveitando para alertar aos prefeitos sobre a necessidade de se promover a contenção de gastos, principalmente na reta final do fechamento das contas públicas. Não é à toa que vários prefeitos desistiram de disputar à reeleição este ano, preferindo ir pra casa cuidar de sua família.

Curta no Facebook
Copyright © 2004 - 2015
Todos os direitos reservados
Conjuntura Online
Rua São Remo, 390
Jardim Vilas Boas, Campo Grande / MS