O 1º site político de Mato Grosso do Sul   |   26 de Setembro de 2017
Publicidade
Últimas Notícias
Publicidade
Willams Araújo
Denúncia

Quando tudo parecia calmo para o lado do ex-prefeito Alcides Bernal (PP), o mundo começou a desabar novamente. O MPE-MS (Ministério Público Estadual) denunciou o progressista por improbidade administrativa. Segundo o promotor Marcos Alex Vera, em 2013, Bernal comprou um imóvel de valor incompatível com a renda que tinha na época e não teria conseguido justificar uma diferença de quase R$ 600 mil.

Comércio

O deputado federal Dagoberto Nogueira (PDT) quer ver Michel Temer (PMDB-SP) sofrendo as mesmas conseguencias que sua companheira Dilma Rousseff. \"Não podemos prevaricar ao ignorar essa segunda denúncia. Os deputados têm a obrigação moral e constitucional de garantir as investigações. O cofre secou e agora Temer terá muito mais dificuldade de convencer aqueles parlamentares que estão no balcão de negócios para trocar seu voto por emenda. A população precisa ficar atenta a essas negociatas que ainda salvam Temer da Justiça\", disparou.  

Sonho meu

Ex-secretária de Zeca do PT, Gleisi Hoffmann (PT-PR) sonha acordada com o retorno do seu partido ao Palácio do Planalto, da mesma forma que o ex-governador, que faz campanha para Lula nas redes sociais. Segundo ela, o impeachment da presidente Dilma foi o único instrumento possível para interromper a trajetória de quatro eleições consecutivas do PT. Ressalta, porém, que, segundo as pesquisas, o ex-presidente está perto de voltar a governar o Brasil.

Porte ilegal

O empresário João Amorim foi condenado pelo juiz da 1ª Vara Criminal de Campo Grande, Roberto Ferreira Filho, a prestar serviços a comunidade por 1 ano. É que o amigo do peito de André (PMDB) foi flagrado com um revólver calibre 38, da marca Taurus, guardado no closet de seu quarto, durante cumprimento de mandados da Operação Lama Asfáltica da Polícia Federal, em 9 de julho de 2015.

Presente

Ao ser preso, João Amorim jurou de pés juntos à Polícia Federal que ganhou a arma de um de seus funcionários. Mais tarde, em juízo, mudou de versão, e disse que um amigo havia esquecido o revólver em sua casa. Dono da empreiteira Proteco, ele é acusado de comandar esquema de desvio de recursos federais em obras realizadas com recursos federais, e também de lavar dinheiro em outras atividades.

Curta no Facebook
Copyright © 2004 - 2015
Todos os direitos reservados
Conjuntura Online
Rua São Remo, 390
Jardim Vilas Boas, Campo Grande / MS