O 1º site político de Mato Grosso do Sul   |   24 de Novembro de 2017
Publicidade

Caixa vai liberar crédito imobiliário travado por exigência de entrada maior

Banco disse que resolverá todos os casos até 30 de novembro.

07/11/2017 - 07h33

G1

Caixa Econômica Federal disse que o foco é financiar a habitação popular (Foto: G1)

A Caixa Econômica Federal anunciou que vai concluir até 30 de novembro todas as propostas de crédito habitacional que foram aprovadas pelo banco, mas ficaram paradas à espera de recursos, antes da exigência de 50% de entrada para imóveis usados.


Os processos ficaram travados no banco sem a assinatura dos contratos e os compradores temiam perder os imóveis, como mostrou matéria do G1 publicada neste sábado (4).


Em setembro, a Caixa aumentou de 30% para 50% a exigência da entrada para financiar imóveis usados com recursos do SBPE (caderneta de poupança). No mesmo período, o banco adotou um sistema de dotação mensal que tornou a liberação dos recursos mais lenta.


Ao G1, a Caixa disse na semana passada que todos os clientes que não tinham assinado o contrato de financiamento até 25 de setembro teriam que dar uma entrada maior para conseguir o crédito.


Em entrevista ao G1 nesta segunda-feira (6), o vice-presidente da Habitação do banco, Nelson de Souza, classificou a situação como "lamentável" e disse que estes financiamentos ainda serão enquadrados na regra anterior – com entrada mínima de 30% do valor do imóvel usado.


Souza admitiu que o banco está restringindo o crédito para clientes que compram imóvel usado e têm renda acima de R$ 4 mil. O motivo é adequar a Caixa a regras que entram em vigor em 2018 e exigem que os bancos tenham mais capital próprio para sustentar sua carteira de crédito.


O que vai acontecer com quem teve o crédito habitacional aprovado antes da regra dos 50% de entrada?

Abrimos recursos para poder atender todos os clientes que tiveram a proposta aprovada e que não conseguiram contratar até o dia 25 de setembro os financiamentos por restrição de capital, garantindo que estes clientes que estão com as cartas aprovadas possam contratar até o final de novembro.


Vale para esse pessoal que saiu na matéria feita pelo G1, com processo pronto e crédito aprovado. Eu li a matéria e vi que é lamentável o que aconteceu com as pessoas. Com estas medidas tomadas, agora a Caixa vai atender estas pessoas.


Todas as pessoas nesta situação terão sua situação solucionada?


Sim, até 30 de novembro, todos os processos aprovados como os citados na matéria, com a avaliação do imóvel feita, terão o crédito com as mesmas condições pactuadas. Nós vamos garantir a continuidade do processo até o fim de novembro.


Estes casos terão a regra anterior mantida?


Sim, vamos manter a regra anterior para quem teve o crédito aprovado antes da redução do teto para 50% em imóveis usados. Estamos garantindo as assinaturas dos contratos contanto que não haja questões restritivas ao crédito, como problemas na avaliação do imóvel.

Leia Também
Comente esta notícia
0 comentários
Publicidade
Mais em Economia
Colunistas
Ampla Visão
Coluna do Roberto
Raquel Anderson
Enquete
Você acha que a operação Lama Asfáltica vai acabar com algum político ou autoridade na cadeia?
Sim
Não
Não sei
Copyright © 2004 - 2015
Todos os direitos reservados
Conjuntura Online
Rua São Remo, 390
Jardim Vilas Boas, Campo Grande / MS