O 1º site político de Mato Grosso do Sul   |   24 de Junho de 2017
Publicidade

FECHOU QUESTÃO

19/05/2017 - 18h18

Roberto Costa

Sob a liderança dos senadores Waldemir Moka e Simone Tebet, o PMDB formalizou total apoio ao ex-governador André Puccinelli por acreditar na inocência do líder maior peemedebista.

**

COESOS I – Na Assembleia Legislativa a bancada do partido também hipotecou solidariedade ao ex-governador por entender que "o mesmo está sendo vítima de armação política".

**

COESOS II – Confiam na palavra do ex-governador sul-mato-grossense os deputados Junior Mochi, Paulo Siufi, Renato Câmara, Márcio Fernandes, Eduardo Rocha e Antonieta Amorim.

**

PINÓQUIO – Motoristas que trafegam diariamente pela rodovia MS-040, da Três Barras (Campo Grande) até Santa Rita do Pardo, contaram quatro buracos e não a destruição da referida via como andaram dizendo.

**

SUCESSÃO ESTADUAL I – Com exceção do governador Reinaldo Azambuja (PSDB) que é candidato à reeleição, a mobilização para definição do quadro em outubro de 2018 já foi iniciada.

**

SUCESSÃO ESTADUAL II – Dagoberto Nogueira Filho (PDT), Pedro Chaves (PSC), Luiz Henrique Mandetta (DEM), Ricardo Ayache (PSB) e Elizeu Amarilha (PSDC) são alguns dos nomes que já estão circulando.

**

SUCESSÃO ESTADUAL III – Como até o presente momento não existe nada que possa impedir o anúncio de sua pré-candidatura, o ex-governador André Puccinelli, do PMDB, ainda assim prefere dar tempo ao tempo.

**

ANALISANDO O QUADRO – Quem está ouvindo muito é o ex-prefeito de Campo Grande e presidente do diretório regional do PTB, Nelson Trad Filho. Ele almeja uma vaga no Senado da República.

**

RETORNO – O advogado criminalista Fábio Trad sabe perfeitamente bem que em disputa política o importante não é competir, mas vencer. É possível que ele saia candidato a deputado federal pelo PSD.

**

QUESTIONAMENTO – O prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD), tem conversado com Reinaldo e Puccinelli, entre outras lideranças. Estaria o alcaide analisando com quem irá compor em 2018?

**

CONTRAPONTO – Se o Brasil é um país cujo regime político é democrático, ou seja, de vereador a presidente da República a escolha é feita por decisão da maioria, então porque é que o voto é obrigatório?

**

TEM POSTURA – O deputado federal Carlos Eduardo Xavier Marun (PMDB) é uma pessoa que você pode contar nos momentos mais difíceis, pena que boa parte dos eleitores pensa completamente diferente.

**

INSACIÁVEL – O prefeito de Rochedo, Francisco de Paula Ribeiro Júnior (PSDB) está sendo acusador de ‘sumir’ com uma tonelada de alimentos que seriam para suprir as necessidades de famílias carentes do município.

**

SAUNA – Até o presente momento nem a Mônica Moura conseguiu entender o porquê da escolha do ex-senador Delcídio Amaral de negociar dinheiro de propina com o marqueteiro João Santana num lugar tão quente.

**

GUILHOTINA – A prefeita de Dourados, Délia Razuk, em tão somente quatro meses de administração já providenciou a substituição de quatro secretários. Quem será o próximo?

**

RAVAGÑANI BIANCOLI“Comece tudo de novo. Recomece quantas vezes for necessário. Deus dá sempre uma nova oportunidade. Extraia vida das cinzas. Refaça as forças para uma nova batalha”.

**

Leia Também
Comente esta notícia
0 comentários
Publicidade
Mais em Roberto Costa
Colunistas
Ampla Visão
Coluna do Roberto
Raquel Anderson
Enquete
Você acha que a operação Lama Asfáltica vai acabar com algum político ou autoridade na cadeia?
Sim
Não
Não sei
Copyright © 2004 - 2015
Todos os direitos reservados
Conjuntura Online
Rua São Remo, 390
Jardim Vilas Boas, Campo Grande / MS