O 1º site político de Mato Grosso do Sul   |   24 de Abril de 2024
Publicidade

Maioria dos portugueses possui visão negativa de Lula, diz pesquisa

Paraná Pesquisas realizou levantamento para mensurar como os lusitanos enxergam o presidente brasileiro

23/02/2024 - 10h23

De Brasília 

Presidente Lula (Foto: Reprodução)

Pesquisa realizada pelo Paraná Pesquisas indica que a grande maioria dos portugueses possui uma visão negativa do presidente brasileiro, Luiz Inácio Lula da Silva. O instituto divulgou os dados na manhã de sexta-feira, 23.


A “Avaliação da imagem do presidente do Brasil, Lula” no país europeu foi mensurada pela equipe do Paraná Pesquisas, a partir de entrevistas telefônicas feitas com 840 portugueses. 


A visão “negativa” do petista foi afirmada por 51% dos respondentes. No entanto, 27% responderam que tinham uma visão “Positiva”. Foi registrado também que 22% dos entrevistados não souberam ou não responderam.


O instituto conduziu as entrevistas entre 8 e 17 de fevereiro. Isso significa que a visão negativa de Lula pelos portugueses prevaleceu mesmo antes de sua comparação, durante uma visita oficial à África, entre as ações das Forças de Defesa de Israel e o grupo terrorista Hamas com o Holocausto – o período que marcou o extermínio de 6 milhões de judeus pela Alemanha nazista. 


As palavras do líder do governo brasileiro, que lhe renderam a classificação de persona non grata pelas autoridades israelenses, foram ditas no último domingo, 18, durante uma coletiva de imprensa em Adis Abeba, a capital da Etiópia.


A pesquisa do Paraná Pesquisas sobre a percepção dos portugueses em relação a Lula tem uma margem de erro de 3,4 pontos percentuais para cima ou para baixo. Portanto, mesmo considerando a margem de erro, a percepção negativa está claramente à frente.


Imagem de Lula e percepção econômica


No mesmo estudo, a equipe do instituto incentivou os participantes a compartilharem suas opiniões sobre a “percepção da situação econômica atual do Brasil em comparação à situação econômica atual de Portugal”. Sob essa perspectiva, 64,6% dos entrevistados avaliaram que a economia brasileira está pior. “Igual” foi a opinião de 9,9% dos participantes. 


Já 7,9% afirmaram que a economia brasileira é superior à portuguesa. Finalmente, o conjunto de indivíduos que não responderam ou não tinham uma resposta formada correspondeu a 18,2% do total de consultados. As informações são da Revista Oeste.

Leia Também
Comente esta notícia
0 comentários
Mais em Política
Colunistas
Ampla Visão
Copyright © 2004 - 2015
Todos os direitos reservados
Conjuntura Online