O 1º site político de Mato Grosso do Sul   |   21 de Junho de 2024
Publicidade

Ibama tira equipamentos da internet de Musk em mais de 20 garimpos ilegais

Nos últimos 12 meses, foram apreendidos ao menos 32 aparelhos da Starlink em operações do Ibama contra o garimpo

12/04/2024 - 18h52

São Paulo 

Com Portal Terra 

Empresário Elon Musk e uma área dos Yanomamis (Foto: Agência Pública/Getty Images)

O Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) apreendeu equipamentos da Starlink, a provedora de internet via satélite do magnata sul-africano Elon Musk, em pelo menos 20 garimpos ilegais na Amazônia.


Nos últimos 12 meses, foram apreendidos ao menos 32 aparelhos da Starlink em operações do Ibama contra o garimpo. O número leva em consideração dados públicos de abril de 2023 a março de 2024, segundo o uol.


Em cerca 20 áreas de mineração ilegal, distribuídas em quatro estados, foram apreendidos os equipamentos. Esse número pode ser ainda maior, já que na maioria dos 90 aparelhos de internet apreendidos não houve anotação da marca dos equipamentos. 


Agentes do Ibama estimaram que quase todos os garimpos ilegais aderiram à Starlink no último ano. Das 32 antenas, nove foram encontradas em garimpos ilegais na Terra Indígena Yanomami, território que vem passando por uma crítica crise humanitária. No Vale do Javari, outras 12 foram apreendidas.


Elon Musk domina internet por satélite na Amazônia com antenas em 90% das cidades


A Amazônia se tornou o principal mercado no Brasil da Starlink, empresa de internet via satélite do bilionário sul-africano Elon Musk.


Lançada na região em setembro de 2022, a Starlink já é líder isolada entre os provedores de banda larga fixa por satélite na Amazônia legal, com antenas instaladas em 90% municípios da região até julho deste ano, segundo um levantamento da BBC News Brasil.

Leia Também
Comente esta notícia
0 comentários
Mais em Geral
Colunistas
Ampla Visão
Copyright © 2004 - 2015
Todos os direitos reservados
Conjuntura Online