O 1º site político de Mato Grosso do Sul   |   19 de Outubro de 2017
Publicidade

Prisão de André Puccinelli repercute e vira alvo de chacota nas redes sociais

Ex-governador de Mato Grosso do Sul foi preso ontem pela Polícia Federal, pagou fiança de R$ 1 milhão e saiu com uma tornozeleira

12/05/2017 - 08h59

Conjuntura Online

Ex-vereadora Luíza Ribeiro (PPS) (Foto: Top Mídia)

A prisão do ex-governador de Mato Grosso do Sul, André Puccinelli (PMDB), repercutiu e virou alvo de chacota nas redes sociais. O líder peemedebista foi preso ontem de manhã pela Polícia Federal, pagou fiança de R$ 1 milhão e saiu com uma tornozeleira. 


O episódio constrangedor envolvendo o ex-governador foi comemorado de forma velada pela ex-vereadora de Campo Grande, Luíza Ribeiro (PPS), adversária política e autora de processo contra o peemedebista por danos morais em 2013.


Logo após tomar conhecimento da notícia que ganhou destaque inclusive no Jornal Nacional, da Rede Globo, a ex-vereadora disparou em seu perfil no face book. “De minha parte, desejo que os colegas políticos e ex-gestores respondam por seus atos ilícitos especialmente consistentes em se apropriar do que é público, corrompendo toda ordem e a vida de muitos que precisam do poder público. Se forem do PT ou do PMDB, do PR, do PSDB, tudo indiferente para mim. Não vou defender esses marmanjos espertalhões com o argumento que foram bons governantes, é passar recibo de pouca seriedade”.


Mais tarde, a então vereadora foi alvo de processo de André em fevereiro de 2016 por causa de depoimento dela na Operação Coffee Break, que investiga organização criminosa por trás da cassação do prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP). 


Na época, o áudio das declarações da parlamentar foi divulgado nas redes sociais e teve grande repercussão, pois nele ela acusava André de ser membro fundamental de uma série de atitudes criminosas, entre elas um esquema de arrecadação de dinheiro que teria se perpetuado até a gestão de Nelsinho Trad, além da cassação de Bernal.


Muitos outros comentários favoráveis e contrários a André foram divulgados nas redes sociais. "André Puccinelli com tornozeleira ou sem, continua sendo o cara que mais tem chance de atrapalhar os planos de Reinaldo Azambuja. Ele é foda! E não me venha dizer que tem santinho nessa história! Ingênuo quem pensa ao contrário. O sistema é bruto!", postou o jornalista Denilson de Souza Pinto em seu perfil, cuja mensagem recebeu várias curtidas, principalmente de seguidores do peemedebista, alguns dos quais, que trabalharam em sua gestão tanto na prefeitura de Campo Grande quanto no governo. 


Diante disso, o publicitário douradense Lupércio Marques ironizou. "Metendo a mão em 150.000,00 eu não seria Mestre.. seria Papa. Na boa DP....Carcamano Ladrao. Quantas pessoas não morreram por uma saúde precária em nosso estado e esse malandro e sua quadrilha nos roubando. Cadeia..nele.. coleira no pé é pouco".


Lupércio é irmão de Raufi Marques, ex-secretário de Governo e de Justiça e Segurança Pública durante o mandato de Zeca do PT, além secretário municipal de Governo da prefeita de Dourados, Délia Razuk (PR). 


A OPERAÇÃO 

André foi levado ontem à sede da PF em Campo Grande (Foto: Divulgação )

André Puccinelli é um dos alvos de operação da Polícia Federal deflagrada na manhã de quinta-feira (11), em Mato Grosso do Sul, Paraná e São Paulo. Policiais estiveram no apartamento dele, no bairro Jardim dos Estados, e o levaram em viatura caracterizada à Superintendência da PF.


Na quinta-feira, policiais e servidores da CGU (Controladoria-Geral da União) e da Receita Federal foram também à Secretaria de Estado de Fazenda, no Parque dos Poderes, e à uma empresa de saúde.


A ação de quinta-feira leva o nome de Máquinas de Lama e é desdobramento de outras três, realizadas entre 2015 e 2016: Lama Asfáltica, Fazendas de Lama e Aviões de Lama, todas relacionadas à corrupção com dinheiro público. A suspeita é que o prejuízo aos cofres públicos seja de R$ 150 milhões, somente com fraudes detectadas nesta 4ª fase de investigação.

Leia Também
Comente esta notícia
0 comentários
Publicidade
Mais em Política
Colunistas
Ampla Visão
Coluna do Roberto
Raquel Anderson
Enquete
Você acha que a operação Lama Asfáltica vai acabar com algum político ou autoridade na cadeia?
Sim
Não
Não sei
Copyright © 2004 - 2015
Todos os direitos reservados
Conjuntura Online
Rua São Remo, 390
Jardim Vilas Boas, Campo Grande / MS