O 1º site político de Mato Grosso do Sul   |   16 de Dezembro de 2017
Publicidade

Ação do governo permite que indústria em Dourados amplie geração de empregos

De janeiro a agosto, a cidade polo da região sul do Estado saltou de um saldo negativo de 849 vagas para uma geração positiva de 484 novas vagas n

02/10/2017 - 17h31

Campo Grande

Há um ano e meio a Seara anunciou a ampliação de suas instalações (Foto: Divulgação)

Dourados sente os impactos positivos na geração de novos empregos no município, resultado direto da política implantada pelo governador Reinaldo Azambuja para a atração e incentivo à instalação ou ampliação de empreendimentos industriais em Mato Grosso do Sul. 


De janeiro a agosto deste ano, a cidade polo da região sul do Estado saltou de um saldo negativo de 849 vagas para uma geração positiva de 484 novas vagas no período. 


Esse desempenho ao longo do ano de 2017, observado no Caded (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) tem o impacto direto das contratações feitas pela Seara em Dourados, que projeta ampliar suas contratações em 21% até setembro de 2018.


Há um ano e meio a Seara anunciou a ampliação de suas instalações e das atividades industriais em Dourados, numa ação incentivada pelo governo do Estado e acompanhada pela Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar). 


Nesse período, a indústria aportou R$ 325 milhões para a ampliação, sendo que R$ 168,1 milhões já foram efetivamente investidos e outros R$ 157,9 milhões ainda serão aplicados em adequações gerais da produção nos próximos meses.


Neste ano, a indústria ampliou o quadro de funcionários, de 5.611 em janeiro de 2017 para 6.293 em setembro, com estimativa de chegar a 6.797 em setembro de 2018 – projeção de aumento de 21% na mão de obra. As informações foram repassadas em reunião solicitada pela diretoria da Seara no Brasil com a equipe da Semagro. O encontro aconteceu na tarde de sexta-feira, 29 de setembro, na sede da planta industrial de Dourado.


Participaram da reunião a presidente global de operações da JBS, Joanita Maestri Karoleski, José Antônio Ribas Júnior, diretor Corporativo de Agropecuária da Seara, Mário César Carneiro, da Diretoria de Excelência Industrial da Seara, Ivan Siqueira, da Diretoria Executiva Comercial MI – In Natura da Seara e da gerência da unidade de Dourados, juntamente com o secretário de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime Verruck, o secretário adjunto da Semagro, Ricardo Senna e o superintendente de Meio Ambiente, Ciência & Tecnologia, Produção e Agricultura Familiar, Rogério Beretta.


“Foi um encontro produtivo, que nos permitiu visualizar in loco os dados de produção e de geração de empregos pactuados com o governo do Estado. A empresa mostrou seu comprometimento e a importância, em nível global, dos investimentos realizados em Mato Grosso do Sul. Também nos fizeram solicitações relacionadas aos produtores integrados de suínos e aves e que têm demandas no FCO e no Imasul. Vamos analisá-las e dar o devido encaminhamento para, naquilo que nos competir, auxiliar a empresa a dar continuidade em seu cronograma de investimentos”, informou o secretário Jaime Verruck.

Leia Também
Comente esta notícia
0 comentários
Publicidade
Mais em Municípios
Colunistas
Ampla Visão
Coluna do Roberto
Raquel Anderson
Enquete
Você acha que a operação Lama Asfáltica vai acabar com algum político ou autoridade na cadeia?
Sim
Não
Não sei
Copyright © 2004 - 2015
Todos os direitos reservados
Conjuntura Online
Rua São Remo, 390
Jardim Vilas Boas, Campo Grande / MS