O 1º site político de Mato Grosso do Sul   |   17 de Outubro de 2017
Publicidade

Rinsagem

01/09/2017 - 10h44

Raquel Anderson 

Não é de passagem o que fizeram em nós
É a passagem tratorada na terra da sacanagem
Acinzentaram-nos, nublaram e turvaram a nossa foz...
Diabos esbaldam-se em caldeirões de tinturas acajus e em rinsagens
Rinsagens emergidas da terra, do pó, fixaram-se nas cabeças de homens, feito Ló
Terra pouca debaixo das unhas do trabalhador, suor, calor e dor, a engrenagem
Guardados, em sacos de supermercados, traia pouca, bobagem, amarrada com nó
Cidade ou campo, total desencanto, não há miragem, estamos esturricados na estiagem
O fogo da coragem que arde em nós, suportando dores a mais, sairemos desse quiproquó
Quadrilha de cabeças pintadas, metalizadas, acinzentadas, destruíram a nossa paisagem
Um povo, feito uns bocós, traídos, desgraçados, ignorados, povoadores do xilindró
Em letras desconexas, país árido nos afeta, desolados, vemos helicópteros em aterrisagem
Enfileirados, na arena nacional, sem dó, um golpe nos derruba em efeito dominó.
(Raquel Anderson)

Leia Também
Comente esta notícia
0 comentários
Publicidade
Mais em Raquel Anderson
Colunistas
Ampla Visão
Coluna do Roberto
Raquel Anderson
Enquete
Você acha que a operação Lama Asfáltica vai acabar com algum político ou autoridade na cadeia?
Sim
Não
Não sei
Copyright © 2004 - 2015
Todos os direitos reservados
Conjuntura Online
Rua São Remo, 390
Jardim Vilas Boas, Campo Grande / MS