O 1º site político de Mato Grosso do Sul   |   19 de Outubro de 2017
Publicidade

Prefeitos priorizam obras, prejudicam educação

27/01/2017 - 08h55

Manoel Afonso

FARRA DO FIES  Na revista Veja ( edição 2514) extensa reportagem sobre o caso envolvendo jovens de Campo Grande(MS) beneficiárias do financiamento do FIES junto a Uniderp, alvos de cobrança ilegal que chegou à Justiça. Pelo FIES, os jovens só começariam a pagar o financiamento um ano e meio após a formatura, mas logo no 2º ano os estudantes começaram a receber boletos de pagamentos extras.


AINDA...  O desembargador  Nélio Stábile do Tribunal de Justiça do Estado suspendeu a decisão judicial que beneficiava mais de 200 alunos vítimas da ‘cobrança extra’, através de ação proposta pela Defensoria Pública Estadual. Taí talvez a explicação pelo crescimento da Uniderp, avaliada em 24 bilhões de reais. Vale conferir a matéria.  


E TEM JEITO?  Devido a candidatura do deputado Rodrigo Maia à presidência da Câmara, circula em Brasília o Estatuto do Mau Político, de autoria de Manoel Moacir Macedo. Consta no seu artigo 8º - parágrafo dois: “Defenda sempre os interesses de seus iguais, pares e semelhantes e principalmente de quem financiou a sua campanha.” Vale ainda ressaltar o conteúdo do artigo 26: “Fora do poder não há salvação


‘POR DEUS’  Vexame! A justiça declarou inconstitucional a Lei de 2012 criando a ‘Quinta Gospel’, onde a Prefeitura da nossa capital pagava pelos shows de cantores evangélicos na Praça do Rádio. Errou o prefeito ao sancionar tal lei; pecou feio quem aprovou o projeto. Como eu digo: vereador precisa estudar para não levar ‘puxão de orelhas’ da Justiça.


NA COLUNA  tenho falado da importância do preparo de deputados e vereadores da Comissão e Constituição e Justiça. É lá que se mata os projetos bisonhos, demagogos e inconstitucionais que só tomam tempo. Quando o Executivo veta um projeto aprovado pelo Legislativo é sinal de que os legisladores foram incompetentes. ‘Apenas isso.’


VEREADORES  Precisam ler  sobre a ‘Ética e Moral’ na gestão pública. Caso da vereadora da capital Dharleng Campos de Oliveira (PP) que nomeou o namorado para seu gabinete. O que estarão pensando seus eleitores? Como ela pregará mudanças de comportamento dos políticos se ela própria não dá exemplo?  


A PROPÓSITO  Os 18 novos vereadores  e os 11 veteranos reeleitos da capital poderão melhorar seus conhecimentos no curso programado para os dias 1,2,3 e 8 de fevereiro na Câmara Municipal. O presidente João Rocha (PSDB) quer nivelar as condições dos 29 integrantes da Casa com aulas sobre Orçamento Público, Técnica Legislativa, Cerimonial e Processo Legislativo. É boa a iniciativa.


TRÊS LAGOAS  O prefeito Ângelo Guerreiro (PSDB) revelou-me surpreso com as barbaridades apuradas.  Localizou 70 aparelhos de ar condicionado ainda sem uso no depósito, enquanto vários órgãos padeciam pela sua falta. O município gastou milhões com  o aluguel de UTI móvel de uma empresa paulista, ao invés de adquirir unidades. “A missa é longa” – diz Guerreiro.


LAMENTÁVEL  O senador Moka (PMDB) revela que geralmente os prefeitos se mostram mais interessados em projetos que tratam de obras fora da área da educação, priorizando assim outros setores da administração. Essa revelação prova, nem todos os prefeitos são conscientes de que a base sólida da sociedade está na educação. No fundo, acham que a educação, a exemplo da rede de esgoto, não aparece, não rende votos.


CHAPADÃO DO SUL  O que deveria a solução para a travessia da rodovia MS 306 na zona urbana, virou pesadelo. O Governo Estadual (gestão anterior) via Agesul, optou pela elevação do nível da rodovia com aterro e a construção de dois viadutos para passagem de veículos interligando os dois lados da cidade. Hoje o aterro está desmoronando e o asfalto cedeu em vários pontos. Já os viadutos recebem a água da chuva e sem desnível para escoar o trânsito é impossível. Mais de R$ 8 milhões o custo da obra.


ELE SABE... Gostei das colocações do Juiz Federal Odilon de Oliveira sobre alguns aspectos do acidente envolvendo a morte do ministro Teori Zavascki. Lembrou que o ministro relator de um caso tão delicado deveria ter se precavido, não se expondo a  riscos de qualquer espécie. Ingenuidade, boa fé. Mas como lembra o dr. Odilon - com bandidos não se brinca.


‘TADINHA’ De duas uma: a ex-presidente Dilma (PT)  trocou os remédios ou  não anda lendo jornais . Suas críticas na Espanha a ‘Lava Jato’ viraram piadas nas redes sociais. E pergunto: ela não irá a Curitiba visitar seus companheiros? Pois é, Nelson Rodrigues tem razão: “O amigo trai na primeira esquina, o inimigo não trai nunca. O inimigo é fiel.”


TRÊS PALAVRAS Inovar, economizar e desburocratizar- a essência da iniciativa do Governo Estadual em adotar o ponto eletrônico em todos os órgãos oficiais. Lembra o Secretário da Administração e Desburocratização Carlos Alberto de Assis que a medida vai além da economia de R$9 milhões mensais e de exorcizar os velhos fantasmas.


UMA GUERRA Eleições municipais em Aparecida do Tabuado aguerridas desde os embates PSD x UDN. Em 2016, o prefeito Robson Samara Rodrigues(PSB) bateu o ex-prefeito André (PDT) que foi apoiado pelos ex-prefeitos Silas Pereira,  Vilson Mello,  Giovane de Oliveira e Djalma Furquim. Festa do Peão Boiadeiro e política – duas paixões do povo daquela cidade.


APLAUSOS  A opinião pública aplaudindo o Promotor de Justiça  Eduardo José Rizkallah por sua postura no processo envolvendo Ricardo Hyun Sumoon ( policial rodoviário federal) que  assassinou Adriano Correia do Nascimento no dia 1 de janeiro na capital. Desmascarada toda a trama para proteger o matador, os policiais coniventes precisam ser punidos também.  Ma há sim o risco de intimidação das testemunhas presenciais. Certo?


PRÓXIMOS  Crescem os comentários sobre a possibilidade do ex-deputado Londres Machado (PR) participar da administração estadual. Para alguns, o ‘Chinês’ está  cotado para costurar a ação política do governo, já que além do bom trânsito junto a lideranças diversas, viu seu cacife eleitoral aumentar com os resultados eleitorais de 2016. É esperar.


DESÂNIMO  É o clima reinante entre os petistas também do Estado. Após o pífio desempenho nas eleições de 2016, onde não elegeu um só prefeito, o PT tem poucas chances de sucesso em 2018. Fala-se na saída de deputados insatisfeitos com o desgaste da sigla devido as prisões  de figuras nacionais do partido. E a pergunta que não se cala: quais políticos do PT daqui visitaram o ex-tesoureiro João Vaccari Neto preso desde 15 de abril de 2015 e condenado a 15 anos de prisão na fria Curitiba?


 LEMBRETES  É fácil administrar com dinheiro em caixa. Mas a crise obrigou os gestores públicos a repensarem os gastos. Noto essa postura unânime entre os prefeitos. Quem sabe eles se preocupem menos com a política partidária e mais com ações benéficas a comunidade. Ninguém aguenta mais a politicalha e os gastos sem  resultados. A torcida é para que os vereadores – satisfeitos com os salários que recebem por direito – cumpram com honradez a missão – passando a imagem ao eleitor de que o país tem jeito. Afinal, as coisas não podem mudar para ficar como estão.


EM ALERTA  O Tribunal de Contas do Estado não digeriu a renovação sem licitação  do contrato que concede a Águas Guariroba o prazo até 2060 para explorar o serviço de  água e esgoto da capital. Daí que deverá anular a prorrogação ocorrida em 2012 através de 2 aditivos num espaço de 3 dias apenas. Mais uma prova de que aquela corte não está tolerando abusos em nome da moralidade da administração pública.  


“Brasília é outro país, quase outro idioma.” ( Nelson Rodrigues)

Leia Também
Comente esta notícia
0 comentários
Publicidade
Mais em Manoel Afonso
Colunistas
Ampla Visão
Coluna do Roberto
Raquel Anderson
Enquete
Você acha que a operação Lama Asfáltica vai acabar com algum político ou autoridade na cadeia?
Sim
Não
Não sei
Copyright © 2004 - 2015
Todos os direitos reservados
Conjuntura Online
Rua São Remo, 390
Jardim Vilas Boas, Campo Grande / MS