O 1º site político de Mato Grosso do Sul   |   21 de Novembro de 2017
Publicidade

Internet versus currais eleitorais

23/06/2017 - 09h45

Manoel Afonso

GORDINHOS...e diabéticos! Deputado Marcio Fernandes (PMDB) falou comigo da  esperança em ver a Assembleia Legislativa derrubar o veto do Executivo ao seu projeto de lei proibindo a venda de refrigerantes nas escolas de educação básica do Estado. Diz Marcio: “ saúde é mais importante que impostos”.


PAULO SIUF  Na conta do consumidor a Energisa debita mais 7% do valor para se ressarcir dos  ‘gatos’ do ano anterior. Pelo projeto do deputado do PMDB, o desconto cairia para 5% e todo dinheiro iria para entidades assistenciais como Apaes e asilos. Siufi quer também a especificação dos débitos na conta. Gostei!


‘BELEZA’ Mais uma lei para combater o machismo nas escolas.  Nossos deputados  estaduais desconhecem o Código Penal e da Lei Maria da Pena sobre o assunto?  É matéria de competência federal.  Engraçado, o autor deputado Pedro Kemp (PT) votou contra a Lei Harfouce. Esses petistas...


INSISTO  Vereadores, deputados e senadores, jogam para a torcida com leis inócuas para inchar o currículo. Que tal a lei hilária do  ex-deputado Digo Tita (PPS) dando aos gagos desconto de 50% na tarifa telefônica? Virou piada nacional - ele entrou para o folclore político. Não será esquecido jamais.


FÁBIO TRAD  Toca a vida, olha o cenário para  avaliar se participa do pleito em 2018. Na Câmara Federal destacou-se pela qualificação profissional e postura discreta; estilo oposto – por exemplo - do deputado Carlos Marum (PMDB)  na mídia por relações com personagens e fatos desgastantes.


‘FACADA’  Após denúncia liderada pela FIEMS, através do presidente Sergio Longen, falou-se em reavaliações. Mas o cartório do 2º Ofício da capital cobrou R$39,15 por uma certidão de óbito. Do valor, R$10,15 destinados  a Fujecc, Funda-PGE, FEADMP, Fanadep, ISSQN.  Deputados não usam cartórios?


ALELUIA  Opinião pública aplaude a decisão do TJ_MS que mandou de volta para a Justiça  comum o processo contra o policial rodoviário federal Ricardo Hyum Su Moom, matador do empresário Adriano C. do Nascimento aqui na capital. Um caso gravíssimo que não pode ficar impune. Basta de sangue e lágrimas!


VITRINE  CPI da Assembleia Legislativa quer vender na mídia a imagem de bandido  de Joesley Batista e atrair holofotes. Mas seus integrantes correm o risco inverso  por eventuais fatos ao longo do processo; seu presidente – deputado Paulo Correia (PR) - ficou estigmatizado ao ser gravado ensinando um colega a fraudar a lista de presença.

A GUERRA  O governador Reinaldo não fugiu a luta, mas 7 dos ministros do STF já decidiram pela validade da delação premiada do JBS e a manutenção da relatoria com o ministro Fachin. Consultei advogados e eles criticaram vários aspectos que envolveram a tal delação estranha. Fachin ficou com toda a boiada.


‘ESTRANHO’ No vídeo Joesley Batista diz que  depositou 150 milhões de dólares em contas de Lula e Dilma no exterior. A sua dúvida era se na conta do ex-presidente teria sido 70 ou 80 milhões de dólares. Na sua volta dos ‘States’ ele não falou mais sobre isso. Nem à Polícia Federal e nem à revista Época. Ninguém vai perguntar?  


INDIGNADO  Visível o sentimento atual de justiça do eleitor nas pesquisas. Os nomes emergentes e o alto  percentual  de indecisos indicam que as mudanças na cabeça do eleitorado estão só começando e continuarão influenciadas pelos novos fatos que devem acontecer até as eleições. Que viver verá.


OS INDICATIVOS  constam da amostragem na capital e 16 cidades realizada de 8 a 18 de junho pela ‘Ranking Comunicação e Pesquisa’. Se a avaliação de ótima e boa do governador Reinaldo supera 25%, a do presidente Temer é de apenas 4.83%. Na capital  o prefeito Marquinhos surfa com 36.10%.


PLANALTO  Na estimulada, Lula tem 23,13% contra 18,26% de Bolsonaro, 10,20% de Dória, 4,13% de Marina, 3,30% de Alckmim, 2,93% de Ciro, 1,83% de Caiado, O,70 de Eymael, 0,43% de Randolfe e 0,36% de Temer. Dos 3.000 entrevistados, 34,73% não sabem e não responderam.


ESQUISITA  a presença do PSD  ao lado do PSB, PDT, PC do B e PT nas previsões do deputado federal Zeca do PT, novo presidente regional do partido no MS. O  prefeito Marcos Trad (PSD) tem se desviado do assunto eleição, mas seu jogo de cintura não deve chegar a tanto. Teria fratura exposta de coluna.  


ALCIDES ‘ALADIM’ Fim de mandato. No passado um prefeito comprou café em pó  para os 4 anos seguintes. Agora o  Tribunal de Contas do Estado não engoliu o golpe do ex-prefeito Bernal na compra de lâmpadas de LED no valor de ‘apenas’ R$33,8 milhões. A decisão tem o condão de reparar a fraude e alertar os ‘espertos de plantão’.


A CÂMARA  Municipal já se posiciona sobre eventual abertura de CPI para apurar  o caso. Como lembra o presidente João Rocha (PSDB): “ é no legislativo que chegam os pedidos  por substituição e instalação de lâmpadas nas vias públicas- e quando não atendidos - os vereadores acabam sofrendo desgastes.”


NO ASILO  São João Bosco. É lá que a ex-vereadora do PT na capital Thais Helena  prestará serviços por 7 meses, conforme decisão  do TSE. É a pena por gastos ilegais nas eleições de 2012. Inelegível até 2015, Thais certamente aproveitará esses 7 meses para reflexões existenciais.  PT - Saudações.


FATOR NOVO  Alguns lideres políticos, principalmente do interior, ainda se fiam nas velhas praticas do favor e do poder financeiro para angariar votos. Quando questionados ironizam a internet, as redes sociais e até o wats zap em crescimento constante. Acham que são ‘novidades passageiras’, como a TV foi vista um dia.


REALIDADE  Ora! Em qualquer vila interiorana o celular está presente. Nas ruas, nos portões dos colégios, supermercados e praças,  deparamos  com pessoas utilizando o aparelho ou curtindo os serviços oferecidos. Os papos de gente sentada nas calçadas em frente às casas pertencem ao passado.


OS NÚMEROS  de pesquisa recente do IBOPE  mostram a nova realidade. Para 56% dos eleitores em condições de voto em 2018, as mídias sociais terão algum tipo de influência na escolha de seu candidato à presidência da república. Para 36%, as redes sociais terão muita influência.


CONFIRA o grau de influências no eleitor na hora de escolher: internet/redes sociais 36%; a mídia 35%; papo com amigos 29%; movimentos sociais 28%, parentes 27%: partidos políticos 24%; Políticos influentes 21%; igrejas e lideranças cristãs 21%; artistas e celebridades 16%.


ALERTA  A internet é uma espécie de batalha sem tréguas, onde perder um dia poder significar perder a ocasião.  A vida está cada vez mais virtual. Olhe ao seu redor para perceber como tudo mudou por força da inovação tecnológica. A internet é um campo democrático; todos são iguais. Taí a diferença dos currais eleitorais em apodrecimento.


Lembrando:  “O PT acabou com a corrupção no Brasil”. ( Zé Dirceu – 2004)

Leia Também
Comente esta notícia
0 comentários
Publicidade
Mais em Manoel Afonso
Colunistas
Ampla Visão
Coluna do Roberto
Raquel Anderson
Enquete
Você acha que a operação Lama Asfáltica vai acabar com algum político ou autoridade na cadeia?
Sim
Não
Não sei
Copyright © 2004 - 2015
Todos os direitos reservados
Conjuntura Online
Rua São Remo, 390
Jardim Vilas Boas, Campo Grande / MS